A oração é comum e muito realizada pelos fiéis que acreditam nas palavras de Jesus Cristo e o Senhor, pois orar significa entrar em comunhão com Deus, é o começo de uma conversa intima com o Senhor para que ele escute o que todos tem para agradecer e assim abrir os caminhos dos que creem.

Os planos de Deus são muitos nas nossas vidas, a oração precisa ser essencial no cotidiano de todos e realizada todos os dias nas igrejas ou em casa, para que assim esse momento de partilha com Deus seja compreendida por ele e seus propósitos possam agir sobre as dificuldades, angústias, pecados, tristezas e provações.

Por isso a nós, é preciso lembrar todos os dias: Deus espera por nossas orações, essa é uma das missões mais importantes a serem cumpridas, agradecer a Deus, ouvi-lo e suplicar sua misericórdia por meio da oração. Muitas passagens bíblicas falam sobre a importância da oração dos fiéis para com seu Senhor.

Mateus 6:5-13

5 E, quando orardes, não sereis como os hipócritas; porque gostam de orar em pé nas sinagogas e nos cantos das praças, para serem vistos dos homens. Em verdade vos digo que eles já receberam a recompensa.

6 Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.

7 E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque presumem que pelo seu muito falar serão ouvidos.

8 Não vos assemelheis, pois, a eles; porque Deus, o vosso Pai, sabe o de que tendes necessidade, antes que lhe peçais.

9 Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome;

10 venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu;

11 o pão nosso de cada dia dá-nos hoje;

12 e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores; 13 e não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém!

A oração não pode ser entendida enquanto um hábito de reverência ao senhor para o público, como faziam os antigos faristeus, chamados de hipócritas. Eles oravam formalmente dezoito vezes ao dia com horários rigorosos e em cima de montes, para serem vistos por todos os homens.

É necessário que a oração venha do coração de cada um, em seu próprio momento, com muita fé e espiritualidade. O ato de orar não pode ser vista como um ritual para que os seres humanos vangloriam seus atos, não são repetições de enunciados como as rezas, mas sentimentos que vêm da alma e do coração.

I João 5: 14 – 15

“E esta é a confiança que temos para com ele, que, se pedirmos alguma coisa segundo a Sua vontade, Ele nos ouve. E, se sabemos que Ele nos ouve quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temos feito”.

Lucas 6: 12

“Naqueles dias, retirou-se para o monte, a fim de orar, e passou a noite orando a Deus”.

Marcos 11: 24

“Por isso, vos digo que tudo quanto em oração pedirdes, crede que recebestes, e será assim convosco”.

Tiago 5: 15

“E a oração da fé salvará o enfermo, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados”.

Efésios 6: 17 – 18

“Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos”.

Como visto nos versículos bíblicos a oração é o diálogo estabelecido com Deus, é através dela que é colocado os maiores anseios nas mãos de Deus para que ele possa possibilitar saídas e louvores. O Senhor é poderoso e só ele pode dar paz ao nosso interior e proporcionar as melhores saídas para resolver todas as provações das melhores maneiras.

A Bíblia é o livro de oração, é preciso se atentar as falas divinas já que Deus se comunica com seus fiéis através das orações e fala com o nosso espirito enquanto estamos orando, utilizando dos saberes bíblicos é mais fácil discernir qual a mensagem que o Pai quer falar, é preciso ouvi-lo sem restrições.

Abençõe outras pessoas: